segunda-feira, outubro 09, 2006

one-way ticket to Libertyville*




Fui mas já não voltei de comboio. Burbland pode ser uma aventura, e o encontro no parque de estacionamento até teria contornos fílmicos (mesmo sidewayianos, quando assustei os antigos donos a testar os travões a caminho de uma árvore). Estava a 32 milhas de Chicago, numa terra chamada Libertyville. Comprei um brinquedo novo, e desta vez vai ser uma viatura, não um carro: é A Saab. Foi este o anúncio que me convenceu, apanhado na net ontem à noite. Continuar a ler

4 comentários:

Sara Figueiredo Costa disse...

Com essa máquina, estás pronto para a mítica 66, cabelos ao vento e qualquer coisa tipo blues no rádio!

Bjs

holeart disse...

procurando novos lugares

JC disse...

Olha o buraco do ozono, irmão... Não deixes de é de pedalar.

Mortimer disse...

E que grande carro é.
Viatura que pega à primeira nas manhãs de Chicago só pode ser um maquinão!
Prometo que da próxima vez faço mais milhas embora não exista forma de as contabilizar.

Mortimer