segunda-feira, abril 10, 2006

Amen o break

A história de um break beat. The Winstons lançaram 'Amen Brother' no lado-B de 'Color Him Father', em 1969. Ao minuto e pouco da música, 6 segundos de um loop de bateria: a mãe de todos os samples, no hip hop primeiro, na cena jungle e drum n' bass depois. Por outras palavras, a matriz criativa de gerações e gerações de produção musical. Em 6 obscuros segundos de um lado-b editado em 69.

Oiçam aqui 'amen-brother' (mp3)

E aqui um trabalho (16 minutos bem gastos e preciosos) de Nate Harrison, que mostra a apropriação musical (e comercial) deste break. Ao ponto desta empresa (Zero G, ltd) ter registado com direitos de autor um sample idêntico (no mesmo compasso) ao dos velhotes Winstons de '69. Nate Harrison explica como isto foi possível e quais as implicações do copyright na criativadade artística, com catálogos e catálogos de relíquias musicais vedadas à samplagem alheia. Não percam o vídeo da instalação (QT).

Sem comentários: