quinta-feira, março 09, 2006

what's the 'rite' thing to do?

clinton na convocation '99 (UofC)
Não tenho nada contra rituais. Teria que mudar de profissão se assim não fosse. Mas já acho mais estranho quando chega o momento de participar num ritual - ainda para mais tão batido como a 'convocation' de graduação.
Nunca julguei que levasse diploma por terminar a tese de mestrado. Fui apanhado de surpresa quando percebi hoje que estava 'convocado'. A última vez que me disseram isso foi na véspera de um campeonato de futebol. A cerimónia (ou será ritual?) será em Junho, e apesar de convocado disse que não poderia ir, embora ainda vá a tempo de mudar de opinião. Que acham? Guardo a photo-op para 2011? Faltar por embaraço será the rite thing to do? Ou serei só mais um daqueles que foge quando finalmente tenho a oportunidade de 'ser americano' por um dia?

[E já que estamos na universidade: tinha falado aqui no processo FAIR vs Rumsfeld. Chega agora a notícia de que o pedido de revogação da Solomon Amendment, que dá o direito a recrutas militares de pescarem à linha nos campus universitários , foi derrotado no supremo tribunal. A notícia completa aqui]

7 comentários:

pr_republica disse...

Ai moço! O que eu não daria por uma foto tua com aquela toga e capelito!

Anónimo disse...

Já jogaste futebol?E Foste convocado?
Iego Armando Aradona

Miguel Caetano disse...

Sim, acho que deves ir. Mas não esperes receber pessoalmente o diploma das mãos do reitor... ;-) Isso só acontece normalmente aos doutorados, hehe.

A. Cabral disse...

Its a beautiful thing to graduate "in absentia"!

Danu Blau disse...

Faz sentido aparecer. Seria disparatado não aproveitar a oportunidade (por disparatado que o ritual me pareça). E pr-republica, depois posso sempre mandar-te fotos (dependendo claro de quanto tiveres disposta a dar)! E Miguel, pode não ser agora, mas um dia lá chegarei (ao reitor!)

Armando Aradona, não sou grande cromo de fute, mas vá-se lá saber porquê o Felipão Scolari convocou-me para o europeu.

A. Cabral, in absentia ou não sai-me do pêlo. O spring break começa hoje e eu tenho viagem marcada todos os dias para a biblioteca...uchicago gone wild...

badlands disse...

Pipas, não stresses mano, porquê estes assomos de consciência do ridiculo subitamente agora? Estudas nos States, passas o lendário e para nós comuns mortais inacessivel springbreak fechado num cemitério de livros e tens um alter-ego agressivo e sarcástico que no fundo é tão ameaçador e cáustico como a Serenella Andrade. Face it pipas, não foste feito para James Dean nem para Jack Kerouac, mete lá a toga e o chapéu á palhaço e vai lá receber a merda do diploma.

nongoloza disse...

badlands, meu querido: teras uma resposta à tua altura. Não estás à espera que leve de ânimo leve a comparação com a Serenela Andrade, pois não?