sexta-feira, março 31, 2006

Sweet Home Alabama

Postal da América II

Atravessei o Mississipi a abrir e entrei no Alabama com as imagens do motel Lorraine e do movimento de direitos civis na cabeça: o boicote de 1955 em Montgomery, organizado pela NAACP, os sit-ins, a abertura violenta do sistema escolar, as freedom rides dos anos 60. Parece distante, mas talvez nem tanto assim -- os habitantes de Nova Orleães que tiveram que partir depois do katrina não vão poder votar nas próximas eleições municipais em Nova Orleães.


Fiquei numa terra chamada Florença, a norte do Alabama. O único sítio aberto era o salão de bowling, onde passei a noite com os jovens de Florence. A t-shirt de uma rapariga, sentada na pista ao lado, perguntava "Why God?". Nas costas, a pergunta remetia para um versículo da Bíblia. No motel onde fiquei essa noite, lembro-me de o ter consultado (pois, todos estes quartos têm uma bíblia bem guardadinha, e não é só no sul). Não era melhor que o outdoor à beira-estrada: "All I know is... everything. God." Não me apetece dizer mais nada sobre o Alabama, senão que comprei cigarros a $2.70, quando em Chicago o faço por quase $7.


"Sweet Home Alabama"



A música (1974) de Lynyrd Skynyrd é simpática, e ouvimo-la à exaustão. Chateia-me ter ficado a saber que uma das estrofes critica Neil Young pela música "Southern Man" (Don't forget / what your good book said / Southern change / gonna come at last / Now your crosses / are burning fast / Southern man), e sobretudo por elogiar o então eterno governador de Birmingham George Wallace, eleito sucessivamente com um programa segregacionista e racista, e acusado de cumplicidade no atentado à bomba a uma igreja baptista em 1963.
Decidam por vocês: (mp3)

Big wheels keep on turning /
Carry me home to see my kin /
Singing songs about the Southland /
I miss Alabamy once again /
And I think its a sin, yes


Well I heard /
mister Young sing about her /
Well, I heard ole Neil put her down /
Well, I hope Neil Young will remember /
A Southern man don't need him around anyhow


Sweet home Alabama /
Where the skies are so blue /
Sweet Home Alabama /
Lord, I'm coming home to you


In Birmingham they love the governor /
Now we all did what we could do /
Now Watergate does not bother me /
Does your conscience bother you? /
Tell the truth

2 comentários:

lá se foi outro dia disse...

Hello
Tenho lido o teu blog. Gosto muito das histórias das tuas viagens. É como se conseguíssemos perceber o que sentiste. Como se tivessemos um pouco aí.
Beijocas

Anónimo disse...

pois pois, e nao dizias nada do teu blog...Isto agora vai ficar mais divertido. Beijos,
Filipe